CANIL DE BORDER COLLIE

CANIL DE BORDER COLLIE

BORDER COLLIE: DINAMISMO E INTELIGÊNCIA!


A raça Border Collie é altamente inteligente, responsável, com grande capacidade de obediência e trabalho e extremamente encantadora. Esses fatores levaram o Border Collie à eleição do mais inteligente entre todos os cães no livro: “The Intelligence of Dog” (A Inteligência dos Cães), de Stanley Coren. Segundo este autor, comportamentista e psicólogo especializado em cães, esta raça foi considerada a mais brilhante por 190 dos 199 adestradores e juízes de obediência.


Podemos realmente afirmar que é a raça mais indicada para o pastoreio e modalidades de Agility, frisbee, Freestyle, Flyball e Show Dog.


Como comprovação de sua impressionante inteligência e capacidade de assimilação, citamos o Border Collie de nome Rico, o qual conseguiu reconhecer mais de 200 palavras. Trata-se um cão superinteligente que já era estrela de Televisão da Alemanha e, atualmente, com 10 anos de idade, sobressai nos meios psicológicos, com referência a pesquisas sobre seu comportamento, pois a rapidez do aprendizado de novas palavras pelo cão foi justamente um dos aspectos que mais impressionaram os cientistas.


A pesquisa foi efetuada por Josep Call, Juliane Kaminski e Julia Fischer, do Instituto Max Plank para Antropologia Evolucionista de Leipzig, e publicada na Revista “Science”. Rico conseguiu abocanhar 37 em 40 itens escolhidos ao acaso da sua coleção de brinquedos. Suas incríveis habilidades demonstram, então, que certos aspectos da compreensão da linguagem devem ser bem antigos na evolução das espécies e podem ter surgido antes da fala humana.  


O Border Collie, além de extremamente apaixonante, é bastante social com amigos e familiares, e jamais nervoso ou agressivo, apegando-se, facilmente, ao grupo que o adota, sem nenhum risco futuro.  Apesar de seu tamanho médio, apresenta um porte bem proporcionado e de aparência atlética bem definida. Além de muito resistente, possui muita graça e incrível habilidade, sendo que a impressionante inteligência é sua marca registrada.


 Entre suas principais características, além da super inteligência, destacamos sua altíssima energia, a qual ele está sempre, incansável, pronto para gastá-la. Portanto, o ideal seria a prática de qualquer atividade ligada ao Agility,  frisbee, Flyball e Freestyle. Porém, na impossibilidade, é necessário, no mínimo, a prática de alguma atividade física diária, tais como caminhada ou o arremesso de brinquedos para que eles possam buscar e trazer. O Border Collie geralmente é um cão muito ativo e não se adaptam às pessoas que gostam de sossego e tranqüilidade. Além disso, uma outra característica considerada muito importante da raça “em ação” é o seu chamado power eye (força do olhar). É através de seu olhar penetrante e impressionante que ele consegue, apesar do tamanho, dominar rebanhos com tanta eficiência. É necessário, portanto, que receba estímulos e desafios, diariamente, de seu proprietário para ter todas as suas necessidades atendidas.   


O estupendo Border Collie é indiscutivelmente considerado a raça campeã na preferência dos praticantes de Agility. Haja vista sua presença nos Campeonatos Mundiais, onde atinge, na Categoria Standard, uma participação, em média, de 80%.


Essa maravilhosa raça não segue um padrão muito bem definido com relação a cores, podendo ser, normalmente, preto, marrom e branco, tricolor, pintado, vermelho e, até mesmo, o cinza (bleu), etc. Como se vê, a variedade de cores é perfeitamente permitida, porém, a cor branca jamais deverá ser predominante.  


Origem e história da raça


O Border Collie como é conhecido, internacionalmente, originou-se, no século XIX, da região entre a Escócia e a Inglaterra. As primeiras referências literárias datam de 1570, quando mantinham, inexplicavelmente, diversos nomes, entre eles Collie de Trabalho, Collie de Fazenda e Collie Inglês. Em 1915,  foram chamados pela primeira vez de Border Collie. Etimologicamente, a palavra Border significa fronteira em inglês e Collie não é exatamente conhecida, podendo ter origem na palavra celta coalley, que quer dizer preto, na palavra gaulesa coelius, que significa leal, ou no nome de uma raça de ovelhas escocesas coelley.


Em 1906, definiu-se o primeiro padrão da raça  que, ao contrário dos padrões da maioria das raças, assinalava mais a descrição das habilidades para o trabalho do que a descrição física propriamente dita. Até 1915, a raça era conhecida simplesmente como “Sheepdog”, quando foi, então, batizada de Border Collie. Trabalhos gravados em madeira, datados de 1800, já mostram cães que lembram a raça, tanto de pêlo curto como de pêlo longo. Pouco depois do ano de 1800, a Rainha Vitória ao ver um Border Collie se tornou uma grande entusiasta da raça.     


Por ser um cão essencialmente de trabalho, suas características físicas foram sempre colocadas num plano secundário. A criação da raça despertou interesse para exemplares mais aptos ao trabalho, ou seja, os criadores preferiam acasalar os cachorros com melhor desempenho para o trabalho, sem se preocupar  tanto com aspectos físicos.


Entretanto, cada vez mais a raça vem sendo dirigida para outras finalidades que não o pastoreio. Atualmente, é muito fácil encontrá-lo em provas de Agility, na maioria das vezes, com excelentes colocações, exibindo uma performance invejável. Ressaltamos, ainda, que os Borders Collies são considerados os melhores nas modalidades de esporte frisbee, Freestyle e Show Dog.  Nas exposições de beleza, o número de Border Collie aumenta, sensivelmente, a cada ano que passa, assim como os registros da raça nos Kennels.


Incontestavelmente, a inteligência da raça foi constatada através de vários testes e por inúmeros experts,  que o colocaram no topo do ranking de inteligência em todas as raças caninas.


O Border Collie é um cão muito dócil, convive facilmente com crianças e adultos, um pouco reservado, mas raramente agressivo com terceiros. Os espécimes desta raça se destacam exatamente por seu fenótipo (características do cão determinadas pelo seu genótipo), o que leva muita gente a optar por tê-lo como companhia, porém, é recomendável alguma das modalidades de esporte já citadas anteriormente antes dessa escolha. Portanto, se um Border Collie for mantido em uma casa ou apartamento de forma sedentária, possivelmente, poderá desenvolver alguns maus hábitos. 


Capacidade referente à agilidade da raça


Agility, a competição que faz com que o cachorro, facilmente, possa transpor inúmeros obstáculos ao chamamento dos comandos do dono, no menor tempo possível, teve sua origem na Inglaterra, no ano de 1978, como diversão para o público nas exposições de beleza. O Border Collie sobressai nas pistas de Agility devido a sua grande velocidade  e, indiscutivelmente, sua agilidade. O fato de ser um pouco mais comprido do que alto auxilia sua movimentação e proporciona, conseqüentemente, um aumento de sua agilidade. O Border Collie, sem sombra de dúvida, é mais uma ótima opção para você se satisfazer plenamente nas competições de Agility e em outras modalidades esportivas inerentes, tão-somente, a esta raça, tais como o Frisbee, o flyball, o freestyle e o Show Dog, que, também, são esportes perfeitos para essa raça de cães.

Pergunte aqui no Blog

Fotos dos Filhotes

Videos de Border Collie

119 vistas - 0 comentarios
50 vistas - 0 comentarios
118 vistas - 0 comentarios
118 vistas - 0 comentarios